10 de maio de 2012

Cruzando o Caminho do Sol

As irmãs desceram as escadas e passaram com dificuldade pelo saguão até o jardim em frente da casa. (...) Ahalya teve vontade de olhar uma última vez para o bangalô, mas resistiu a esse desejo. Aquele mundo em ruínas deixado pelas ondas não era o lar que elas conheciam. O mundo que havia antes e a família que ali habitava agora viviam apenas na sua lembrança.
(página 22)

Ahalya e Sita, irmãs de 17 e 15 anos, perdem sua casa e sua família no tsunami que assolou a costa leste da Índia. Com isso, acabam sendo aliciadas por um homem terrível, que as coloca a venda no mercado negro da prostituição. Enquanto isso, o advogado Thomas Clarke deixa sua vida confortável nos Estados Unidos para trabalhar em uma ONG na Índia. Seus caminhos acabam se cruzando em Mumbai, uma das cidades mais populosas do mundo.

Eu gostei muito desse livro! Ficava torcendo sempre pelas meninas e sofri muito com elas. É uma história bem diferente do que estou acostumada a ler, pois é bem real. Nada de vampiros, fantasmas ou lobisomens aqui. E isso me fez perceber porque eu gosto tanto de histórias sobrenaturais: a realidade é muito mais assustadora. A quantidade de pessoas cruéis que aparecem nesse livro supera qualquer qualquer coisa.

Apesar dos personagens do livro serem fictícios, Mumbai e o distrito de Kamathipura, dominado por traficantes e cafetões, são bem reais. Mas a história nem precisava se passar na Índia, esse é o tipo de coisa que ocorre em qualquer lugar do mundo. Quer um exemplo? As praias no nordeste do Brasil são conhecidas internacionalmente pelo turismo sexual, e não é incomum lermos notícias sobre mães que vendem suas filhas, ainda crianças.

Prostitutas em Kamathipura, Mumbai (fonte

Eu sofri muito durante a leitura, queria abraçar Sita e Ahalya e socar o resto do mundo. Além dos bandidos, Priya, a esposa de Thomas, me irritou muito! Ela é a típica pessoa que não sabe o que quer da vida, uma hora quer ficar com ele, depois desiste, depois volta. Fiquei até torcendo para que eles não ficassem juntos no final, de tão chata que ela é.

Este é o primeiro livro de Corban Addison. O autor, aliás, é advogado e já trabalhou com causas humanitárias na Índia. Então, podemos ter certeza de que ele sabe do que está falando. Apesar de ser seu primeiro livro, ele é muito bem escrito, com personagens extremamente humanos e uma narrativa envolvente.

Recomendo este livro para quem procura uma ótima história, que deixa as emoções à tona e nos faz refletir com ela.


Outras capas:

Nota:

Onde comprar: Submarino

42 comentários:

  1. Oiie Sora,

    Adorei este livro tão forte e tão real, a verdade é realmente assustadora. É terrível pensar que isso ocorre de verdade no mundo.

    Beijos

    Amigas entre Livros

    ResponderExcluir
  2. Sora amei sua resenha, atingiu os pontos certos, ah admiro quem consegue transpor a estória além e trazê-la a realidade como vc fez, o tráfico humano, exploração sexual e pedofilia pode estar acontecendo ao nosso lado e simplesmente não vemos ou não sabemos. é algo que ultrapassa a índia e chega ao mundo inteiro. O autor sabe mesmo sobre o que diz, alias na parte da nota do autor, percebemos muito isso, já sou fã!! hehehe
    Esse livro é mesmo forte e emocionante. Eu também gosto de sobrenaturais, e acredito que os vilões dessa estória superam qualquer vampiro e etc kkk
    Linda resenha

    Bjs
    Daiane
    nouniversodaliteratura.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  3. Oi, Sora!
    AIN, tô com esse livro aqui pra ler, mas sabe aquele receio? ><" hahaha

    Acho que é exatamente por isso: a realidade é realmente mais assustadora :S

    A sua resenha ficou ótima, acho que vou pegar o livro pra ler em breve :D

    Beijoooo!

    Ju
    julianagiacobelli.com

    ResponderExcluir
  4. Ei, Sora! Você se empolgou mesmo com leitura, né? Que bom! Leio poucos livros realistas, mas os adoro...
    Acho que quando se envolve abuso sexual toca em todos... Pois afinal pode acontecer com qualquer um...
    Adorei sua resenha, a história parece ótima e tocante! Beijos
    Lendo de Tudo

    ResponderExcluir
  5. Ei Sora,

    Vou ler logo, estou vendo tantos elogios que fiquei doida para conhecer a historia.
    Realmente é muito triste saber que embora estejamos lendo uma historia fictícia, ela bem que poderia ser real. Este livros sempre me deixam arrasada, por mais que eu ame a leitura.

    beijos

    ResponderExcluir
  6. Oi Sora...
    Achei o livro muito interessante apesar de abordar uma realidade tão triste.
    A primeira das outras capas lançadas é linda!
    Parabéns pela resenha.
    Bjoo

    ResponderExcluir
  7. Acabei de ver uma resenha deste livro no blog da Vanessa (Balaio) e fiquei super com vontade de ler ele!
    já tinha visto este livro na prateleira da livraria onde compro livros, mas não me interessei nele por causa da capa :S
    mas pela resenha ele parece ser muito bom! *-*

    ResponderExcluir
  8. Oi Sora!

    Preciso criar coragem e ler esse livro kkkkk

    Acho que vou chorar kkk

    Bjs!

    ResponderExcluir
  9. Olá, Sora.
    Recebi esse livro, mas ainda ñ li (to criando coragem hehehe). É todo muito lindo e a história parece muito interessante.
    Bjoks ^_^
    Suellen
    Bem pra Mente

    ResponderExcluir
  10. Eu creio que não tenho peito para ler esse livro... pq provavelmente vou acabar me debulhando em lágrimas... sou uma manteiga derretida....
    Infelizmente é uma realidade mundial... =(
    Ótima resenha!!!

    ResponderExcluir
  11. Eu anda não li esse livro mais é um dos próximos da minha fila de leitura.
    Espero que quando eu finalmente pegue para ler esteja preparada para me emocionar bastante.

    bjs
    Tais
    http://www.leitorafashion.com.br

    ResponderExcluir
  12. Oi Sora,

    realmente, a realidade pode ser bem assustadora.
    Foi mais ou menos como me senti quando li O Quarto..

    Mas histórias assim, de vez em quando, são boas para nos lembrarem que o mundo precisa de otimistas e pessoas melhores!!

    Os bons são maioria, graças à Deus!!

    Bjus
    Gabi

    ResponderExcluir
  13. OI,
    Pedi este livro de dia das mães, vamos ver se ganho, mas já sie que vou chorar horrores com ele, a estória parece ser triste demais.
    bjos

    ResponderExcluir
  14. Oi Sora!
    Acho que não tenho vontade de ler esse livro exatamente por essa realidade chocante. Tem certos impactos que prefiro evitar, acho que ficaria deprimida demais com a leitura, sabe?
    De qualquer forma, tenho noção que posso estar perdendo uma excelente leitura!
    Beijão!

    ResponderExcluir
  15. Esse livro parece ser ótimo!

    www.falandodelivros.com

    ResponderExcluir
  16. Adorei seu blog !
    Tem sorteio no meu blog, participa ! Vale apena. Beeeijos e sucesso ;*

    http://ladonerdl.blogspot.com.br/2012/05/sorteio-pra-voce.html

    ResponderExcluir
  17. Sora, que resenha maravilhosa! Adorei o que você citou sobre a realidade ser assustadora, às vezes é muito mais fácil tentar não enxergar se "escondendo" nos livros mais fantasiosos. Fiquei mais curiosa por esse livro, mas não sei se gostaria de ler ainda.

    Beijos

    ResponderExcluir
  18. AMEI a resenha e tô louca pra ler o livro. Deve ser "belissimo", apesar de tratar de um tema forte. Certeza que vou me emocionar. <3

    Beijoooos

    ResponderExcluir
  19. Amei a resenha, e o livro parece ser ótimo pra variar um pouco dos vampiros e lobisomens, e ver uma realidade atual :x

    ResponderExcluir
  20. Parabéns pela resenha!! Quero mto ler!!

    ResponderExcluir
  21. Oi Sora!
    Tb tive a mesma vontade que vc,abraçar as personagens e socar o resto do mundo,o post todo em si ficou muito bom,parabéns.Tb acabei de ler a obra do Corban e gostei muito da escrita e do tom pessoal que o autor deu a obra.

    Bjos Fabi
    http://roubando-livros.blogspot.com

    ResponderExcluir
  22. eu já tinha lido algumas resenhas,e gostei bastante da sua..tambem ameia capa,e a historia deve ser bem legal porque foge das historias de hoje em dia,do estilo vampiro,bruxas..minha amiga leu e disse q amou.

    ResponderExcluir
  23. O meu receio quanto a ler este livro é o quanto sofro com o sofrimento alheio. Mas, assim como a sua, li outras resenhas tão bonitas e interessantes, que apesar da história ser muito triste e uma realidade, fiquei com vontade de ler e torcer para que estas irmãs, na história, e tantas jovens e crianças, na vida real, tenham um final feliz.

    ResponderExcluir
  24. Que resenha bacana Sora!
    Tenho certeza que eu tb irei sofrer lendo esse livro.
    Mas não vejo a hora de iniciar a leitura!

    O kit que a NC enviou é lindo demais né?

    Beijos!

    ResponderExcluir
  25. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  26. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  27. Esse livro tem sido um dos meus mais desejados.
    Desde que li a primeira sinopse dele, foi amor a primeira letra.
    Certamente, é uma história densa, cheia de emoção.
    Resenha muito bem feita, cheia de dedicação.
    Sim, eu quero esse livro..rs

    parabens!!!

    ResponderExcluir
  28. Adorei a resenha. você conseguiu capitar toda a emoção da histotia.
    A historia parece bem intensa, o que me deu mais vontade de ler.
    Bjos...

    ResponderExcluir
  29. Sora!
    A saga vivida pelas duas irmãs após a tremenda catástrofe em suas vidas, é emocionante. Sem contar que o tema da venda e tráfico de mulheres é algo que devemos discutir de todas as formas, está tão presente na realidade que choca.
    cheirinhos
    Rudy

    ResponderExcluir
  30. Sora!
    O livro aborda um tema bem real que é o tráfico de mulheres.
    A saga das duas irmãs para poderem ficar juntas após a tragédia familiar é emocionante e choca, mas nos faz refletir.
    cheirinhos

    Rudy

    ResponderExcluir
  31. Oi Sora!
    Eu me apaixonei por este livro, desde a primeira vez que vi.
    Um tema super forte e atual.
    Parabéns pela resenha.
    Bjos!!
    Cida
    http://www.moonlightbooks.net/

    ResponderExcluir
  32. Puxa Vida!

    Que história + triste...
    A realidade é horrivel mesmo não é?!
    aí um ótimo motivo para "fugirmos" disso tudo no mundo dos livros.

    Beijokas

    ResponderExcluir
  33. aline ribeiro @euleioeassisto19/05/2012 11:56

    a história parece ser bem forte e real, acho que esse tipo de leitura abstrai muito, principalmente quando o trágico não é simplesmente entretenimento. Temas como prostituição e perda são mt recorrentes

    aline ribeiro
    @lervereimaginar (GCF)

    ResponderExcluir
  34. Acredito que uma das coisas mais legais de livros que abordam sofrimento, dor, superação, é que despertam sempre a nossa curiosidade. Nos apegamos muito aos personagens da história e torcemos por eles, lutamos com eles... A leitura deste livro sera otima!!!

    ResponderExcluir
  35. Oi, adorei sua resenha. Os livros realmente servem para nos levar para um mundo surreal onde nós sabemos que o final será muito feliz não importa quantas coisas ruins aconteçam, mas é importante ler livros que se baseiem em historias reais, para sairmos de vez em quando do mundo irreal que a fantasia, o sobrenatural criam.
    Fiquei muito interessada em ler esse livro.
    Beijinhos
    Isabel oliveira

    ResponderExcluir
  36. Gostei muito desse livro. É bom de vez em qundo ler uma história mais real. Assim que puder vou ler esse livro com certeza! Bjins!

    ResponderExcluir
  37. Gostei da história apesar de não ser o tipo de leitura que eu leio. É bom mudar um pouco.

    ResponderExcluir
  38. Infelizmente, apesar das personagens serem fictícias, essa realidade assola o mundo. Esse livro parece ser muito interessante. Vou ler!

    Adorei a resenha!

    bjs

    ResponderExcluir
  39. Acho a capa desse livro linda ^^. A Novo Conceito sempre capricha nos livros. Esse livro tem uma história bem forte e é triste ver que ñ acontece só nos livros, mas a todos os minutos em várias partes do mundos.

    Muito bacana sua resenha...

    HUGS =D!!!

    ResponderExcluir
  40. Nao sei se estou conseguindo ler livros tão tristes assim.

    ResponderExcluir
  41. Oi! Tudo bem?! Eu gostei muito do livro e concordo muito com você que em relação as ficções a nossa realidade é bem mais assustadora! Priya as vezes se mostra muito indecisa, e em muitos desses momentos ela acaba menosprezando o Thomas e jogando a culpa toda pra cima dele, aí nesses aspectos tenho que concordar com você, ela é muito chata! Gostei muito da imagem de Kamathipura que você colocou, mostrando que esse problema realmente existe! Amei a primeira capa, que lindaaa! Gostei muito do autor, porém acho que ele tem muita coisa para desenvolver em sua forma de escrever. Aaah, fiz uma resenha deste no meu blog, se tiver interesse ou mera curiosidade, dê uma passadinha lá!
    Bjs, Ruama.
    http://esquiloscorderosa-ruama.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  42. Uma amiga comprou este livro e está lendo, ela disse que e muito bom, tentou até me convencer de ler, porém como ela sempre ler livros muito complexos e inteligentes com uma linguagem onde passamos mais tempo com o dicionário de lado do que realmente com o livro, eu nem pensei em pega-lo

    ResponderExcluir

Olá!
Agradeço muito pelo seu comentário!
Logo irei retribuir sua visita. :)

(Comentários que não estejam relacionados à postagem e contenham apenas propaganda serão excluídos)

Related Posts with Thumbnails