26 de julho de 2012

Estou Com Sorte

Você está, agora, mais equipado do que eu estava para embarcar na aventura do Google, que começou para mim no final de 1999, um ano depois de eu ter entrado na casa dos 40 anos. Eu estava prestes a entrar na crise da meia-idade, mas, ao contrário, encontrei um renascimento.
(página 17)

Douglas Edwards foi o 59º funcionário a entrar no Google. Ele conta, neste livro, como foi sua experiência como diretor de marketing no Google, de 1999 a 2005.

É importante ressaltar uma coisa. Este não é um livro de ficção e, como tal, não é um romance (uma história), mas a descrição do que aconteceu com o autor no período em que ele trabalhou no Google.

Eu comecei a ler este livro super empolgada. Trabalho na área de TI (tecnologia da informação) e, como muitos, já sonhei (ok, ainda sonho) em trabalhar numa gigante da Internet como o Google. Todo mundo conhece a fama: M&M's grátis, academia e lavanderia no serviço, salas de reuniões divertidas... Além, é claro, do fato de se trabalhar no Google, uma super empresa.

Até que li este livro e percebi como uma empresa tão grande exige tanto de seus funcionários. A impressão que ficou é que as pessoas que trabalham no Google não tem vida fora da empresa - por isso eles disponibilizam tantos serviços "grátis" a eles, para que não deixem o complexo. Interessante...

O autor Douglas Edwards (fonte)

Teve alguns termos que achei estranhos, por causa da tradução. Certamente o tradutor não é de TI. Por exemplo, teve um termo que foi traduzido como "sistemas de operação de fontes abertas"; seria mais correto "sistemas operacionais open source", em inglês mesmo, pois muitos termos relacionados a computação não costumam ser traduzidos. Outro exemplo é "crawler", que foi traduzido como "rastreador". Não está errado, mas achei estranho.

Depois de metade do livro, a leitura começou a ficar cansativa... Estava ficando cansada de ler um monte de nomes e fatos, acho que algumas coisas poderiam ser resumidas. A pior parte foi quando o autor começou a falar da entrada do Google no mercado de ações. Não entendo nada de ações e boiei nesse capítulo.

Apesar disso, eu gostei do livro. Não é uma leitura leve; é cheia de informações e acho que se fosse mais técnico eu teria gostado mais, pois estaria mais relacionado à minha profissão. Mas aprendi bastante sobre a história do Google, suas estratégias e como funciona o marketing de uma empresa. Recomendo para os profissionais da área e/ou aqueles que estejam simplemente curiosos pelo assunto.

Outras capas:


Nota:

Onde comprar: Saraiva
Related Posts with Thumbnails