31 de agosto de 2015

Revelações do Amor

Crissy Philips acreditava em chocolate como cura para a dor de cabeça, exercício como cura para tudo o mais e segundas chances... para todos, menos para si mesma. Razão pela qual se encontrava parada do lado de fora do Kumquat Diner há 15 minutos, em vez de entrar para o seu encontro.

Quando tinha 17 anos, Crissy deu seu bebê para adoção. Agora, doze anos depois, a convite da família adotiva, ela quer conhecer seu menino, Brandon. Para isso, vai encontrar o tio dele, Josh Daniels, que desde a morte da esposa não se interessou por outra mulher.

Em primeiro lugar, não leia a sinopse atrás do livro! Ela entrega algo que só vai acontecer lá pela metade da história. Eu li, como faço toda vez que pego um livro novo (costumo ler atrás e as orelhas) e isso estragou a surpresa.

Enfim, mesmo assim gostei bastante da história. Sabe aquele livro que a gente termina com um sorriso no rosto, de tão perfeitinho que é? Revelações do Amor é assim.

Crissy não seria uma mãe ruim, mas ela era muito jovem quando engravidou, e acabou dando seu bebê para adoção. Abbey e Pete, o casal que adotou Brandon, são maravilhosos. Eles não podem ter filhos, mas querem construir uma família grande, e por isso, depois de adotá-lo, ainda adotam duas meninas - e tem planos para mais! Que sorte dessas crianças de poder receber tanto amor assim.

Josh é simplesmente a imagem da perfeição, além de bonitão é um médico dedicado, especializado em crianças com câncer. O passado dele foi complicado e acabamos entendendo por que ele tinha dificuldades no relacionamento com Crissy.

Com tanta coisa ruim acontecendo no mundo, é um alívio ler um livro em que tudo termina bem. Revelações do Amor é continuação de Promessa de Amor (leia a resenha aqui) e o último livro da trilogia Positivamente Grávidos, mas não é necessário ter lido os livros anteriores.

Outras capas:

Nota:

Livro cedido para resenha pela Harlequin.

7 comentários:

  1. flor, pra mim foi um livro pra salvar os demais, não sei, mas essa trilogia da Susan foi boa, mas não excelente como eu esperava
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Sora, tive uma ressaca daquelas este mês e bem que eu precisava de um livro que me desse essa sensação, esse sorriso no rosto, para quem sabe me fazer voltar ao ritmo! Ainda não li nenhum livro da Harlequin, ainda este ano quero me aventurar no catálogo dela!

    ResponderExcluir
  3. Oi Sora, gosto de livros que dá esse sorriso no rosto, mas este livro não faz meu estilo literário!
    Parabéns pela resenha! Ótima dica para os amantes de romances!

    Tem selinho pra vc no Blog...

    Beijos Mila
    http://www.dailyofbooks.blogspot.com.br/2015/08/selinho-blog-fofo.html

    ResponderExcluir
  4. Oi, Sora!
    Eu acho que irei gostar desse romance. Parece ser muito amorzinho. Acontecem tantas coisas ruins que é sempre bom fugir dessa realidade e viver algo mais bonito, né? Super te entendo.
    Abraço!

    "Palavras ao Vento..."
    www.leandro-de-lira.blogspot.com

    ResponderExcluir
  5. Oi Sora,
    O romance parece ter uma boa trama, sem falar que gosto quando a história envolve relacionamentos familiares. Gostei da dica!!

    *bye*
    http://loucaporromances.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. oi Sora!
    Ainda não li esse livro, mas já vi que vou adorar!
    Bjks!

    ResponderExcluir
  7. Oi,
    Não conhecia o livro, mas fiquei bastante curiosa! As vezes é bom ler um livro que termina bem! rs
    Bjs!
    Viciados Pela Leitura

    ResponderExcluir

Olá!
Agradeço muito pelo seu comentário!
Logo irei retribuir sua visita. :)

(Comentários que não estejam relacionados à postagem e contenham apenas propaganda serão excluídos)

Related Posts with Thumbnails