31 de agosto de 2015

Revelações do Amor

Crissy Philips acreditava em chocolate como cura para a dor de cabeça, exercício como cura para tudo o mais e segundas chances... para todos, menos para si mesma. Razão pela qual se encontrava parada do lado de fora do Kumquat Diner há 15 minutos, em vez de entrar para o seu encontro.

Quando tinha 17 anos, Crissy deu seu bebê para adoção. Agora, doze anos depois, a convite da família adotiva, ela quer conhecer seu menino, Brandon. Para isso, vai encontrar o tio dele, Josh Daniels, que desde a morte da esposa não se interessou por outra mulher.

Em primeiro lugar, não leia a sinopse atrás do livro! Ela entrega algo que só vai acontecer lá pela metade da história. Eu li, como faço toda vez que pego um livro novo (costumo ler atrás e as orelhas) e isso estragou a surpresa.

Enfim, mesmo assim gostei bastante da história. Sabe aquele livro que a gente termina com um sorriso no rosto, de tão perfeitinho que é? Revelações do Amor é assim.

Crissy não seria uma mãe ruim, mas ela era muito jovem quando engravidou, e acabou dando seu bebê para adoção. Abbey e Pete, o casal que adotou Brandon, são maravilhosos. Eles não podem ter filhos, mas querem construir uma família grande, e por isso, depois de adotá-lo, ainda adotam duas meninas - e tem planos para mais! Que sorte dessas crianças de poder receber tanto amor assim.

Josh é simplesmente a imagem da perfeição, além de bonitão é um médico dedicado, especializado em crianças com câncer. O passado dele foi complicado e acabamos entendendo por que ele tinha dificuldades no relacionamento com Crissy.

Com tanta coisa ruim acontecendo no mundo, é um alívio ler um livro em que tudo termina bem. Revelações do Amor é continuação de Promessa de Amor (leia a resenha aqui) e o último livro da trilogia Positivamente Grávidos, mas não é necessário ter lido os livros anteriores.

Outras capas:

Nota:

Livro cedido para resenha pela Harlequin.
Related Posts with Thumbnails