19 de dezembro de 2016

O Livro de Memórias

Você sou eu, Samantha Agatha McCoy, em um futuro não muito distante. Estou escrevendo para você. Dizem que minha memória nunca mais será a mesma, que vou começar a esquecer as coisas. Só um pouco no início, depois muito. Então estou escrevendo para lembrar.

Às quartas-feiras, eu costumo postar aqui no blog a coluna Quero ver no Brasil, em que divulgo um lançamento do exterior que gostaria de ver publicado por aqui. Várias pessoas já perguntaram, nos comentários, se depois os livros realmente são publicados aqui. A maioria eu não vejo, infelizmente.

Porém, em agosto eu postei sobre o livro The Memory Book... e fiquei muito feliz quando a editora Seguinte entrou em contato comigo para saber se eu gostaria de resenhá-lo. É claro que minha resposta foi sim! Além de publicarem o livro no Brasil, eles ainda mantiveram o título original, o que me agradou bastante.

O livro é "escrito" por Sammie, uma adolescente com uma doença degenerativa que irá apagar sua memória. Lendo essa frase, pode parecer que o livro é super deprê - eu mesma falei dele para uma amiga outro dia e ela respondeu: "aiii até parece que eu vou ler isso!".

Só que não é assim. Sammie é uma garota animada, que não quer desistir da sua vida e do que ela quer por causa da doença; ela luta com todas as suas forças contra ela. Além disso, o jeito que ela "escreve" é muito legal, me diverti lendo os relatos dela.


Outros personagens também ajudam a construir a narrativa: sua melhor amiga, Maddie; seu crush, Stuart; seu vizinho com que perdeu o contato, Cooper. Todos eles fazem Sammie querer ser uma adolescente normal e, de um jeito ou de outro, a ajudam nesse período.

O Livro de Memórias foi um livro que superou todas as minhas expectativas e com certeza gostaria de relê-lo. Eu li em dois dias apenas, pois não queria parar de ler. Recomendo muito!

Outras capas:


Nota:

Livro cedido para resenha pela Editora Seguinte.
Related Posts with Thumbnails